Por que a venda consignada porta a porta é uma distribuição enxuta?

Ilustração de Francesco Favero
Ilustração de Francesco Favero
A operação venda consignada com distribuição porta a porta é muito suscetível a ligação direta com atendimento à sacoleira, seus relacionamentos, ao valor agregado da mercadoria consignada, comissões e os custos da distribuição.

O plano de distribuição definido para sua empresa impacta diretamente no custo e no tipo de atendimento a cliente.

Mudança de nome

Olá amigos, tudo bem?
Encontramos no nome Revendus uma oportunidade para alinhar tudo que aprendemos sobre consignação de mercadorias para revendedoras e sacoleiras nos últimos 10 anos.

Porque escolhemos esse nome? “Revend” em muitas línguas siguinifca revender. “Us” em inglês significa “Nós”. E combinar Revend+Us nos contextualiza no universo da revenda, onde nós gerenciamos a revenda com vocês.

grande

Mas não é só mudança de nome. Nesse momento reconhecemos nosso estado de maturidade tanto sobre o gestão e operação da venda consignada quanto a qualidade dos sistemas que desenvolvemos. Revendus, para nós, expressa crescimento!

Obrigado 😉

 

Quer Mais Dicas e Artigos Grátis? Assine abaixo:

Varejo porta a porta na crise

post_crise

O que se vê por aí é um cenário caótico e reestruturador com empresas tradicionais tomando decisões desesperadas, fechando portas e mudando o seu rumo de atuação no mercado.

Quem vende eletrônicos e eletrodomésticos anda sentindo mais. A exemplo, no ano passado estava programado fechar 19 lojas do ponto frio e casas bahia, no entanto, foram fechados 28 lojas do Pontofrio e 3 das Casas Bahia. Além disso, as pessoas tem adotado planos de redução de despesas incluindo cortes em ações marketing, alugueis, logísticas e também de pessoal.

Ao mesmo tempo que o medo e ações desesperadas se espalham pelo país, empreendedores do comércio eletrônico tiveram faturamento de cerca R$ 41,3 bilhões só em 2015, considerando apenas uma pesquisa realizada pelo E-bit. Se o mundo das lojas enfrenta “terremotos”, os empreendedores com negócios na nuvem encontram oportunidades e lugar ao Sol com bons ventos. E não é só isso, o mundo do varejo porta-a-porta continua forte embora tenhamos registrado quedas de vendas em nossas próprias pesquisas. Ainda seguro, o varejo porta-a-porta tem atraído empreendedores de comércios tradicionais de shoppings centers para o mundo dos sacoleiros e sacoleiras. É o caso da empresa Marisa, que tinha presença física em shoppings, prédios próprios e loja online e que recentemente passou a recorrer ao varejo porta-a-porta para superar a crise.

O que observamos é que o varejo de eletrônicos anda sofrendo muito nessa crise, mas a indústria da moda continua firme no comércio eletrônico e no varejo porta-a-porta. As dificuldades existem mas há uma geração de empreendedores de punho firme distribuindo e vendendo.

E assim, esperamos que 2016 seja melhor pra todo mundo.

Referências

 

Quer Mais Dicas e Artigos Grátis? Assine abaixo:

Você mais organizado, sem tantos papéis

Usar papel é muito caro hoje em dia

O material de escritório aumenta continuamente, é papel, fita, ribbon e todo material necessário para apoiar seu vendedor para levar os pedidos para as pessoas. Usar papel é muito caro hoje em dia!

…custo alto pode ser eliminado…

Faça o calculo você mesmo, seu custo alto pode ser eliminado usando um sistema na rua. Economizará muito em espaço no seu depósito e vai lucrar mais porque não haverá erros de cálculo o tempo todo.

Você fica tranquilo

Eliminado tantos papeis sua vida vai ficar mais organizada, até seu espaço físico no depósito vai ficar mais profissional. Todo mundo vai ficar mais feliz porque tudo estará organizado e tranquilo.

 

Quer Mais Dicas e Artigos Grátis? Assine abaixo: